All in Lifestyle

Ladrão de tempo ou vida: será que você é um desses?

Será que você se encaixa no perfil de ladrão de tempo? Posso dizer que eu já me encaixei nesse perfil e agora estou tentando me redimir.


Mas primeiro, vamos entender como isso funciona?

Há muitos anos, um dos meus grandes mentores fez uma postagem mencionando o quanto detestava quando as pessoas estavam atrasadas para seus compromissos, ou quando uma pessoa tinha essa característica.

O que faz sentido, pois ele é uma pessoa pontual, que sempre chega nos lugares com pelo menos cinco minutos de antecedência para não fazer ninguém esperar.

Mude suas crenças, mude sua vida

Mude as suas crenças e mude a sua vida... Você acredita nisso? Tem muita gente que não acredita.


Posso falar por mim que em várias ocasiões pensei o quanto isso é algo muito fácil para se dizer, porém, é extremamente difícil na prática.


E foi quando conheci a história do Roger Bannister, atleta americano cujo feito vou compartilhar com você agora.


A história dele é um exemplo concreto do quanto é possível nossa mente nos limitar ou então, nos fazer voar.


Como utilizar a ansiedade a seu favor

Estamos inseridos em um contexto social onde as pessoas estão sempre ocupadas com uma série de compromissos, constantemente ligadas no celular, atentas a todas as informações possíveis - reconhece essas características?

 

Empreender no mercado digital nos exige estar tão conectados, que relaxar para ter uma boa noite de sono se tornou “sonho de consumo” para muitos de nós.

 

 

Esse excesso de estímulo que se tornou normal é um dos motivos, inclusive, pelo qual cada vez mais pessoas estão sendo diagnosticadas com ansiedade, que junto com a depressão e o estresse, se tornaram as grandes doenças da modernidade.

Sobre assumir compromissos maiores que nossos próprios limites

Muitas vezes nos comprometemos além do que podemos dar conta. Isso é quase que rotineiro se você parar para observar bem seu dia a dia.

 

Gostaríamos de poder realizar mais coisas e esquecemos de observar nossos próprios limites. Começar a exercitar a auto-observação é uma das chaves para seguir adiante com seu próprio negócio.

 

Isso porque se está empreendendo, você mesmo vai dar o ritmo das coisas e como já disse aqui, as pausas são essenciais.

 

Quando agimos com a emoção costumamos nos comprometer com mais metas do que nossos próprios limites, isso porque desejamos mesmo realizá-las e como estamos entusiasmados, acabamos nos comprometendo com mais coisas do que podemos de fato realizar.

Duas formas de dizer NÃO a negatividade

Numa escala de 0 a 10, o quanto você é bom ou se sente confortável em dizer não?

 

Saber dizer não com tranquilidade, sem tabu, é um grande desafio para a maioria das pessoas e por outro lado, uma característica fundamental de todos que obtém sucesso em algo.

 

Esse é um assunto tão importante que com certeza falaremos sobre novamente em diferentes ocasiões. ;)

 

Por hora, gostaria apenas que você constatasse que, se é difícil dizer não para as pessoas, na mesma medida temos dificuldade em dizer não para hábitos que nem mesmo sabíamos ter.

 

E a negatividade, acredite, é um hábito devastador.

 

Como viver com liberdade

Há uma grande possibilidade dessa ter sido a pergunta de ouro para você, quando resolveu empreender digitalmente. Já reparou?

 

Claro que, alcançar mais pessoas e com isso escalar os ganhos, também são motivos que nos impulsionam.

 

Mas a oportunidade de construir um negócio que é a sua cara, fazendo aquilo que você ama, escolhendo seus próprios horários e rotina de trabalho, conseguindo assim conciliar uma vida pessoal com mais qualidade - a tal liberdade - é um motivo que, creio eu, quebra as barreiras de nicho e área de atuação e nos une todos em um propósito:

 

Sair do Status Quo, viver com mais liberdade.

O ponto de vista de uma imigrante sobre o Sonho Americano

Esbarrei nessa matéria aqui navegando esses dias e não pude deixar de ter alguns pensamentos.

 

Há 17 anos, quando vim para os Estados Unidos empreender não estava exatamente na minha lista principal de objetivos.

 

Eu estava iniciando a vida adulta e minha principal motivação era fazer isso ao lado do homem que eu amava.

 

Sair do país, viajar de avião, administrar meu próprio dinheiro e a adaptação cultural foram apenas alguns dos desafios que enfrentei pela primeira vez - uns pela mudança, outros porque fazia parte da nova fase que estava vivendo, mesmo.

Como passar a mensagem certa para sua audiência com sua imagem pessoal

No mundo digital sabemos que precisamos passar nossa mensagem, ou a principal mensagem em poucos segundos dentro de um vídeo por exemplo, para não corrermos o risco de perder nossa audiência.

 

Por mais que você tenha consciência de que o seu curso é maravilhoso e que tem enorme potencial para transformar a vida das pessoas, você precisa também conseguir fazer as pessoas saberem disso.

 

É preciso conseguir passar essa informação em pouco tempo, nos primeiros segundos, para não correr o risco de perder seu potencial cliente e ele perder a chance de mudar de vida.