A duração de vídeos dentro do seu curso online, importa?

A duração de vídeos dentro do seu curso online, importa?

Ouço bastante a pergunta: “Priscila, quanto tempo deve durar os vídeos do meu curso online?” É melhor fazer vídeos longos, vídeos curtos, tem diferença?

Saiba que dentro de um curso online, a duração dos seus vídeos importa demais! Tanto quanto os vídeos que você produz para a sua audiência (que também não devem ser muito longos!!!).


A Wistia é uma companhia de video hosting assim como o Vimeo, e eles lançaram o resultado de uma pesquisa em 2012 falando sobre o tempo de visualização dos vídeos que eles fazem hosting.


E os resultados foram surpreendentes para a maioria das pessoas que não entendem de cursos online.


Eu já estou nesse meio de criação de cursos online a mais de dez anos, criando cursos para universidades aqui nos Estados Unidos, então desde a época que eu fiz o meu mestrado, já sabia que ferramentas de multimídia são melhores utilizadas quando o tempo de duração é curto.


Mas pra quem não estudou a ciência de se criar cursos online os resultados dessa pesquisa podem ter sido mesmo surpreendentes, pois a uma ideia errada de que para um curso, quanto maior for a aula, melhor.


Baseado nos dados que a Wistia coletou, em vídeos com menos de UM minuto de duração, apenas sessenta por cento somente chegam até o final do vídeo. Quando o vídeo desse tamanho chega na metade, oitenta por cento das pessoas ainda estão assistindo.


Ou seja, mesmo em um vídeo pequeno, você perde 20% da sua audiência até o

vídeo chegar na metade e perde mais outros vinte por cento até o vídeo chegar no final.


Em vídeos cuja duração é de três a quatro minutos, dos 100% que iniciam o vídeo, só trinta e sete por cento terminam.


E quando um vídeo dura entre 10 e 20 minutos, apenas vinte e oito por cento das pessoas vão assisti-lo até o final.


Você consegue perceber a significância dessas estatísticas?

Vídeos de até 1 MINUTO = 60% de espectadores até o final

Vídeos de até 4 MINUTOS = 37% de espectadores até o final

Vídeos de até 20 MINUTOS = 28% de espectadores até o final


E um vídeo de 60 minutos, qual palpite você arriscaria? Pasme, mas em um vídeo de uma hora, somente 8% das pessoas assiste até o final!!!

BRASIL_Pinterest_4.jpg


Não precisamos ser um gênio da matemática, para entender que, quanto maior a duração das suas vídeo-aulas, menos alunos ou clientes do seu curso vão conseguir assistir até o final.


Logo, se você quer ter resultados com seus cursos, seus vídeos NÃO podem ser compridos.


Como eu disse antes, é comum as pessoas pensarem que quanto maior a duração dos seus vídeos mais valor elas estão entregando. Só que isso não é verdade.


Se você enrola demais para passar a sua mensagem, as pessoas também

vão cansar de assistir aquilo. Tempo não significa qualidade, você tem que focar

na qualidade da sua informação.


Então se você está criando um curso online neste momento, pensando na utilização

de vídeos para entregar o seu conteúdo, já parou para pensar qual a média de duração

dos seus vídeos?


Comprar um curso online não torna ninguém magicamente mais inteligente. É necessário o estudo e aplicação dos conteúdos. E no papel de professora ou professor virtual, é preciso que você faça sua parte para garantir que seus alunos cheguem até o final.


Eu espero que a pesquisa da Wistia te auxilie a abrir os olhos e, se for o caso, reconsiderar a maneira que faz mais sentido para criar vídeos para seu curso online, deixando eles curtos e ajudando seus alunos a continuarem engajados e assim, aumentar a possibilidade e as estatísticas das pessoas que vão assistir todas suas aulas até o fim.


Afinal de contas, é só dessa maneira que elas vão poder ter os resultados que você prometeu e que elas esperam obter. E são esses resultados que a médio prazo vão te trazer retorno financeiro e de autoridade, dentro do que está fazendo.



Abraços,

Priscila



Você toma para si a responsabilidade por sua vida?

Você toma para si a responsabilidade por sua vida?

Como escolher entre o desespero e a possibilidade?

Como escolher entre o desespero e a possibilidade?