Você tem carisma, e sabe usá-lo em seus negócios?

Existem muitas características que compõem um negócio de sucesso. São diversas áreas que precisam ser observadas e várias ações que necessitam acontecerem em harmonia para determinar o quão bem-sucedido um empreendimento pode ser.

 

No empreendedorismo digital, não poderia ser diferente. Com uma necessidade extra, completamente indispensável: o carisma.

 

Carisma é a habilidade de encantar, fascinar ou seduzir outro indivíduo, através da sua forma de ser e agir. Podemos até mesmo dizer que ser carismático é uma importante forma de persuasão.

 

E como nos negócios online, você geralmente é o rosto da sua marca e produto, se não for uma pessoa carismática, dificilmente conseguirá conquistar a atenção e a confiança de uma audiência com potenciais clientes ideais.

 

Mas será que é possível aprender a ter carisma?

 

Eu acredito que sim, pois, vejo diariamente quantas pessoas entram no mundo digital verdadeiramente interessadas em transformar a vida de outras pessoas com seus conhecimentos – e sendo esse o caso, é completamente plausível que aprendam como demonstrar isso através dos vídeos, textos e qualquer outro material que produzam.

 

Caso você seja novo nessa forma de negociar, ou ainda, já está caminhando com seu negócio online e acredita que pode melhorar sua comunicação e a maneira como as pessoas lhe veem, então continue aqui comigo.

 

Pois hoje, vou te dar cinco dicas importantes, de como desenvolver seu carisma e fazer com que isso seja notado pela pessoa que mais importa para um empreendimento digital: o seu cliente!

 

1.       Seja Honesto

 

Você provavelmente já lidou com o tipo de pessoa conhecida por “puxar o saco” de alguém sempre que conveniente.

 

Se você conseguiu perceber essa atitude, acredite, um cliente é capaz de enxergar isso de longe! Portanto, seja genuíno ao se expressar, mesmo para falar sobre coisas desagradáveis ou polêmicas.

 

Maquiar uma situação apenas pela conveniência do momento, não será vantagem para seu negócio ou para as relações que constrói no mundo virtual – especialmente a longo prazo.


Lembre-se: você pode enganar alguns por muito tempo ou muitos por pouco tempo. Mas não pode enganar a todos em todo o tempo.


Seja honesto ao buscar ter e demonstrar carisma, e aproveite para ser honesto com relação a todo o restante no que diz respeito a sua comunicação com sua audiência ou clientes.

 

2.       Seja confiante

 

Ser confiável e honesto é importante e deixar transparecer confiança também o é. Não do tipo “confiante que estou sempre certo”, mas do tipo “confiante que estou caminhando para buscar e dar o melhor”.

 

Consegue perceber a diferença?

 

O carisma é a arte de encantar, e as pessoas não sentem-se encantadas ou atraídas por quem demonstra estar perdido, sem saber o caminho para onde está indo.

 

Ame o que faz, se mantenha sempre positivo, fale com confiança e demonstre essa mesma confiança em sua expressão corporal, na maneira de andar ou gesticular, por exemplo.

 

Essas são algumas maneiras de demonstrar que você está seguro e comprometido em sua busca por fazer a diferença, e sem dúvidas, são características de pessoas conhecidas por seu carisma.

 

3.       Seja humilde ao errar

 

Sabemos que todos podemos errar, e nada cativa mais o ser humano do que alguém capaz de assumir suas próprias falhas e ser capaz de estar disposto a reparar seus próprios erros.

 

Assim como na empatia, a identificação é uma parte importante do carisma, e todos conseguimos nos identificar com pessoas que demonstram ser de carne e osso como nós.

 

Uma das melhores oportunidades de fazer isso acontecer vem justamente com os erros que cometemos e suas etapas: reconhecer (que errou), reparar e aprender (com o erro) e evitar (cometer o mesmo no futuro).

 

Como falhas é algo que, geralmente, temos ao monte, reflita nas próximas vezes que identificar as suas, e identifique como pode aplicar esse aprendizado novo no processo de desenvolver seu carisma.

 

4.       Dê antes de receber

 

Se você desenvolve qualquer ação pensando somente no que vai ganhar lá na frente, é sinal de que, naquele momento, não está olhando adequadamente no que vai entregar.

 

Isso pode complicar seu negócio de diversas maneiras diferentes, mas como hoje o tema é “Ser Carismático”, saiba que complica também a visão que as pessoas constroem sobre você.

 

Ao ver seu cliente apenas como uma cifra, você está pensando no que ele pode te oferecer e isso demonstra apenas interesse em usa algo em benefício próprio.

 

E isso, definitivamente, não é o propósito de um negócio. Dinheiro é consequência justamente de colocar no centro do seu empreendimento aquilo que é o mais importante: seu cliente.

 

Vale a pena repetir: você está entregando (conteúdo, valor ou mesmo atenção) antes de sair por aí “exigindo” que seu cliente faça algo por você?

 

E finalmente, isso nos leva a característica e habilidade mais marcante do carismático:

 

5.       Escutar Ativamente

 

Ninguém se sente atraído ou conquistado por uma pessoa cuja atenção gira apenas em torno do seu ego ou de suas próprias ideias e realizações.

 

Ser carismático consiste em criar conexões e estar envolvido com outras pessoas, e uma das melhores formas de despertar isso, é ouvindo atentamente, estando de fato presente em cada diálogo ou comunicação em seu negócio.

 

Saiba o momento de ouvir, mas principalmente, crie momentos e oportunidades onde você possa ouvir sua audiência.

 

Existem diversas ferramentas que te propiciam isso no mundo digital, como Lives do Facebook, e até mesmo, e-mails que você manda para sua lista ou comentários que você responde em redes sociais.

 

Esteja presente com atenção e dedicação, e deixe sempre claro para quem te segue – seus potenciais clientes ideais – que você está disponível e sente prazer em estar lá por eles.

Concluindo, qualquer negócio gira em torno de atender o outro. O carisma, é uma ferramenta eficaz para evidenciar que o seu negócio está ciente e buscando isso. E acredite, para o empreendimento digital, essa é uma ferramenta da qual não se pode abrir mão.

 

E você, coloca isso em prática?  Você pode – e está disposto – aprender a ser carismático?

 

Abraços,

Priscila Hinkle