Como atrair mais clientes online?

Como atrair mais clientes online?

Atrair ou reter clientes não é necessariamente uma das missões mais fáceis do empreendedorismo, entretanto, existem alguns passos fundamentais, que você deve ficar atento e empregar dentro do seu negócio para ter sucesso nessa parte. 

 

Nós já vamos chegar nisso, mesmo porque é o título do artigo e vou te entregar o prometido, mas.... Que tal falarmos primeiro sobre como NÃO atrair clientes?

 

Diz o ditado que é importante reconhecer "saber o que não se sabe."

 

O mesmo se aplica ao que fazemos ou deixamos de fazer dentro dos nosso negócios. Portanto, vale uma conversa sobre o que NÃO se deve fazer quando queremos captar mais leads e o desejado cliente ideal (aquele que se encaixa dentro do seu perfil de cliente e eventualmente compra seu produto).

 

Agora, caso você esteja pensando: "Ih, mas a Priscila está muito sem foco. O que é que isso tem a ver com coaching, mentoria ou mesmo com a criação de cursos, treinamentos, ou produtos online?"

 

A dica é: se você pretender fazer qualquer uma das coisas acima, sem conquistar clientes fica difícil algo acontecer para você e para o seu negócio. Então, tem TUDO a ver, capiche?! ;)

 

Brincadeiras a parte, vamos ao que interessa. E no momento, o que interessa é - repito - saber o que NÃO fazer para atrair clientes (porque saber o que não fazer é tão importante quanto saber o que fazer).

 

Separei seis atitudes que espantam clientes pagantes e até mesmo pessoas que fazem parte da sua audiência, mas que no momento não necessariamente se encaixam no seu perfil de cliente ideal – e que eventualmente podem se encaixar.

 

1. Usar seu blog somente para vender

A função básica de um blog é auxiliar e fortalecer a relação com a sua audiência. Se você utiliza-lo para fazer ofertas constantemente, ou mesmo que com determinada regularidade, pode transmitir a mensagem de que deseja apenas receber, ao invés de dar, que vai à linha oposta do marketing de conteúdo.

 

Crie suas campanhas de vendas em páginas específicas e guarde o blog para entregar conteúdos de valor e criar conexão com quem te acompanha.

 

Claro que é possível promover seus opt-ins para materiais gratuitos, webinários e workshops, mas faça e apresente isso de forma que agregue valor ao seu público, não de forma aleatória ou que passe a percepção que seu propósito de fazer uma venda e nada mais.

 

Para ter um negócio bem sucedido (e um blog que valha a pena as pessoas acompanharem), construção de relacionamento vem antes de qualquer outra coisa.

 

2. Não saber o que seu público quer

Criar um produto que você PENSA ser o que seus clientes querem ou precisam é terrível. E se comunicar com sua audiência baseando-se em achismos é igualmente desastroso.

 

Mais uma vez a pesquisa aparece como um fator crucial do seu negócio. Ainda que seja para se comunicar com sua audiência. Crie o hábito, desde o início de suas atividades, de perguntar entre as pessoas que entram para sua lista de seguidores, o que elas pensam, querem e esperam de você ou da sua marca e curso.

 

As respostas te auxiliarão a criar estratégias para se aproximar mais do seu público e também para aprimorar seu produto e torna-lo ideal para seus clientes.

  

3. Não ser você mesmo

Tente parecer algo que não é, e isso será usado contra você, cedo ou tarde, acredite.

 

A síndrome do impostor é um fantasma que assombra muitos empreendedores digitais, mas não serve como justificativa para criar uma imagem fictícia sobre sua pessoa, apenas para aumentar audiência e clientes.

 

Muito pelo contrário, o dano que isso pode causar a sua imagem e nome no mercado, tem poucas probabilidades de ser reversível.

 

Valorize seus pontos fortes, invista em pesquisas e na criação de um curso que atenda a demanda do mercado e leve seu cliente a transformação, e aí sim estará no caminho certo para atrair mais clientes e, consequentemente, alcançar o sucesso que deseja.

 

4. Reagir negativamente as críticas

Haters fazem parte do nosso negócio, e pouco nos adianta dar um valor maior do que eles realmente merecem.


Entretanto, a maneira que você lida com eles publicamente pode dizer muito sobre você para as outras pessoas que te seguem ou que te conhecem online.

Se irritar, ser ofensivo e entrar na briga de maneira pejorativa para defender sua marca, produto ou mesmo sua pessoa, não é o caminho ideal, além de desencorajar pessoas que tem potencial para consumir o que você oferece, a deixar dicas e sugestões que realmente possam ser válidas para seu negócio. Fique atento!

 

5. Não oferecer conteúdo de qualidade

Colocar qualquer coisa no seu blog, rede social ou mesmo nos e-mails que envia para sua lista, é péssimo para os negócios.

 

Isso pode não estar escrito em algum lugar, mas para seu cliente, o conteúdo gratuito que você oferece é como uma prévia do que ele pode encontrar adquirindo seu produto em termos de qualidade.

 

Logo, concentrar-se em construir um curso top master das galáxias e deixar de lado todo o restante da sua comunicação é um ótimo meio de não conseguir clientes, em proporções cada vez maiores.

  

6. Não fidelizar clientes

Clientes satisfeitos geram mais clientes. Uma verdade que continua válida dentro do universo dos negócios online.

 

Crie estratégias para conhecer cada vez melhor seu cliente ideal e assim. Fidelizar clientes garante que a famosa propaganda boca a boca aconteça para sua marca e abre uma importante porta para a conquista de novos e engajados clientes.

  

Faça uma breve análise sobre sua conduta e estratégia de negócio e as atitudes negativas listadas acima. Se você estiver colocando qualquer um, mesmo que apenas um, desses itens em prática, pare tudo agora mesmo, e entenda como pode abandonar essa prática.

 

E agora que você já sabe o que NÃO fazer para ter mais clientes, chegou a hora da ação.

 

Assista ao vídeo abaixo e descubra o que, definitivamente, pode gerar mais clientes para seu negócio online.

Então agora você já sabe: Para conquistar clientes online, fuja das atitudes que mencionei no texto acima e foque em:

  • Definir seu valor principal
  • Identificar os desejos de seus clientes
  • Concentrar-se em ofertas selecionadas
  • Ter um plano de marketing on-line
  • Criar metas de conversão

 

Espero que tenha gostado e que coloque em prática as dicas de hoje! E não se esqueça de compartilhar isso com seu colega empreendedor que pode se beneficiar desse conteúdo – e de ter mais clientes! ;)



 

Abraços,

Priscila



Reputação Online: como ela pode ajudar a crescer seu negócio?

Reputação Online: como ela pode ajudar a crescer seu negócio?

Você tem baixas expectativas com seu negócio?

Você tem baixas expectativas com seu negócio?