Como organizar sua vida: 10 mentiras que te contaram sobre organização e você acreditou

Como organizar sua vida: 10 mentiras que te contaram sobre organização e você acreditou

Já ouvimos falar em várias delas e decidimos quebrar essas crenças que atrapalham a organização, pois sabemos que esta é capaz de trazer mudanças incríveis na vida das pessoas.

 

1 – A primeira mentira é: Organizar é chato

 

Pensar que uma coisa é chata nada mais é do que olhar para a parte vazia do copo meio cheio. Ou seja, é um ponto de vista. Qualquer coisa no mundo pode ser chata para uns e legal para outros. Tudo vai depender de como você olha para essa coisa.

 

Qual a solução pra não ficar chato? Gamificar, ou seja, transformar a organização em um jogo, sem esquecer de estipular um prêmio.

 

Por exemplo, sabe aquela pilha de papel que você foi acumulando para organizar e deu tanta preguiça que já tem meses que você olha pra ela e nem sabe mais o que tem lá?

 

Separe 15 minutos do seu dia para organizar. Se você conseguir ficar todos esses 15 minutos focado (não precisa conseguir terminar tudo) e realmente destralhá-la e organizá-la, no final você ganha direito a fazer alguma coisa que você goste como tomar um milk shake, ou jogar bola, ou ler, ou ver aquele filme que você está com vontade.

 

Vai ver como vai ficar divertido!

E no dia seguinte, você faz de novo até terminar tudo 🙂

 

2 – Segunda mentira: Organizar toma tempo

 

Às vezes achamos que precisamos tirar um dia inteiro pra deixar um armário organizado ou todo o final de semana para organizar aquele quartinho da bagunça.

 

Dá até preguiça só de pensar, né?

 

Mas você não precisa fazer assim. Se você tirar 25 minutos por semana (um pomodoro), por exemplo, você pode ir organizando aquelas gavetas esquecidas, aquelas prateleiras confusas, pois depois de alguns meses você vai ter tudo no seu devido lugar.

 

Experimente! Depois conta pra gente como foi! 😉

 

3- Terceira balela: Organizar é trabalhoso

 

Se você for uma pessoa muito detalhista e exigente consigo mesma, qualquer coisa que você resolva fazer vai ser trabalhosa na sua vida.

 

No Viva a Segunda nós seguimos um princípio que diz assim: “Se você estiver fazendo força demais é porque tem algo errado.”.

 

É isso mesmo! Muitas vezes a gente se pega sofrendo pra resolver uma tarefa, já reparou? Geralmente, a melhor coisa a se fazer nesses casos de sofrência é PARAR.

 

Sim, se você continuar a fazer aquilo que está trabalhoso demais, muito árduo, que não flui, é porque está na hora de parar, mudar de tarefa, ou mesmo descansar.

 

Por isso, a organização não é pra ser trabalhosa. É para fluir como qualquer boa tarefa. Se precisar fazer força demais é porque você não está no caminho certo.

 

O caminho simples dá muito mais resultado. É o 80/20 da parada (regra de Pareto). A organização pode e deve ser leve e divertida.

 

4- Quarta lorota: Organizar é para quem tem paciência

 

Qualquer coisa é muito mais fácil para quem tem paciência. A paciência é um estado de consciência, é uma questão de escolha.

 

Pessoas impacientes e ansiosas costumam deixar não só a organização pra depois, como a própria vida pra “mais tarde”.

 

Organização tem a ver com cuidar de você mesmo, com dar atenção ao seu tempo e aos seus sonhos. Não é uma frescura de nerd. É saúde.

 

Quando você age de modo organizado, assim como ensinamos aqui, você aprende a ter consciência de como andam cada uma das áreas da sua vida. E, a partir daí, você pode decidir equilibrá-las.

 

Toda vez que fazemos a nossa revisão semanal, a sensação que temos é de paz, de controle, de equilíbrio.

 

Depois que você aprende a usar de verdade uma agenda, você se sente perdido sem uma. Mas isso não é prisão. Disciplina é liberdade, como dizia nosso saudoso Renato Russo.

 

Se você é uma pessoa impaciente, organize-se e observe como vai se sentir depois.

 

5 – Quinta invencionice: Organizar é para quem tem dom ou facilidade com isso

 

Mentira! Mentira! Mentira!

 

Nós somos provas reais disso! Não nascemos organizados.

 

Quando eu conheci o Fabrício, ele fez uma brincadeira comigo. Falou pra mãe dele na minha frente: “Mãe, a Vanessa quer me pedir em namoro!”. Eu quase caí pra trás, pois mal conhecia a minha hoje amada sogra e fiquei muito sem graça. E ela, devolvendo a brincadeira, respondeu: “Você tem certeza de que quer namorar o Fabrício? Você já viu a bagunça do quarto dele?”

 

Pois então… Não nascemos organizados, mas a busca e o uso de um método fez e faz toda a diferença na nossa vida pessoal e profissional.

 

Não me refiro aqui a fazer a cama todos os dias (não, eu não faço a minha cama todos os dias, quem dera kkk).

 

Eu falo aqui de ter o controle do que você precisa fazer, sejam as tarefas diárias e corriqueiras, sejam aquelas providências essenciais para a nossa felicidade e o equilíbrio da nossa vida.

 

Todos podemos fazer uso de um método de organização eficaz. Existem vários por aí (inclusive o que a gente usa hehe).

 

Uma vez eu ouvi uma frase que agora carrego comigo. Ela diz assim: “Tudo que um ser humano consegue eu também consigo”.

priscila-hinkle-organizaçao.jpg

Ela é verdadeira, inclusive para a organização, basta vontade, determinação e ação para a mudança.

 

6 – Sexta calúnia: Organização não tem nada a ver com produtividade

 

Qualquer pessoa para ser produtiva precisa antes se organizar e planejar. Não existe produtividade sem organização.

 

Se você usa o email no seu trabalho, imagina uma caixa de entrada lotada. Os emails “lidos” misturados com os “nao lidos”. Os emails com tarefas a serem feitas quase que embaralhados com aqueles cujo trabalho já foi concluído.

 

Como alguém consegue ser produtivo assim?

 

A falta de organização gera perda de tempo. E o tempo está necessariamente ligado a produtividade.

 

7- Mais uma: Organização não tem nada a ver com realizar sonhos

 

Eu já falei aqui da importância de se organizar pra realizar sonhos, né?

 

Imagina, por exemplo, uma viagem pro exterior? Você chega no museu e ele está fechado. Ou você nem sabe o que tem de bom pra fazer na cidade, dentre as coisas que você gosta ou gostaria de fazer. Eu já atravessei a cidade de Buenos Aires para comer em um restaurante e quando cheguei lá, na hora do almoço, ele estava fechado, pois só abria na hora do jantar. Foi frustrante… uma perda de tempo. E um aprendizado também.

 

8 – Oitava mentira: Organização não pode ajudar a me sentir melhor

 

Eu, Vanessa, sou prova de que a organização faz a pessoa se sentir melhor sim.

 

Quando eu estava em um momento triste da minha vida, depois de dois abortos, decidi arrumar os armários da minha casa, pois eu não estava encontrando as coisas.

 

Mas pra minha surpresa, a cada armário que eu organizava, eu me organizava internamente. Sério! Era uma sensação de limpeza e de direção, ao mesmo tempo.

 

Percebi que precisava me organizar melhor e acabei me deparando com um método muito legal.

 

Passei a usar a agenda e foi graças a isso que eu não caí em depressão, pois fui organizando não só os armários, como minha vida profissional e pessoal.

 

Sou muito grata ao meu sisteminha perfeito. 🙂

 

9- Nona bulshitagem. Posso ser organizado sem usar uma agenda

 

Muita gente vive hoje em dia sem agenda (e eu já vivi assim). Mesmo já tendo vivido assim, eu não consigo entender muito bem isso. É estranho.

 

Gente, simplesmente, não dá pra guardar todos os compromissos na cabeça. Pronto! Falei!

 

E não pega bem marcar dois compromissos diferentes na mesma hora ou esquecer aquela consulta ou reunião importante.

 

Usar e saber usar a agenda corretamente faz toda a diferença.

 

10 – A última infâmia: Organização não me ajuda a saber o caminho que quero pra minha vida

 

A organização é sim um norte na vida de uma pessoa. É na minha.

 

Se ela for aliada aos seus valores, como fazemos no Mais em Menos Tempo, a organização constante vai te permitir traçar suas metas e periodicamente analisar e perceber qual é o caminho que você está seguindo na sua vida.

 

Ela te ajuda a saber quais são as suas metas de curto, médio e longo prazos e se você está mesmo caminhando em direção a realizar essas metas.

 

É muito frustrante chegar no final do ano e ter que refazer toda a lista de objetivos do ano anterior para o ano seguinte.

 

Mas muitas vezes a gente acredita que essas mentiras são verdades. E isso é autossabotagem.

 

Não deixe isso acontecer com você. Organize-se!

 

E, se puder, comente pra gente: você usa algum método de organização? Qual?

 

Abraços, 

Vanessa do Viva Segunda



Os conselhos mais intrigantes que já recebi sobre a vida: fique indiferente e não seja você

Os conselhos mais intrigantes que já recebi sobre a vida: fique indiferente e não seja você

Você é uma fraude?

Você é uma fraude?