Dica para definir o nome do seu produto digital

Dica para definir o nome do seu produto digital

Não encare essas informações que você vai ver aqui como um documento, e sim como um bate-papo. É claro que existem muitas dicas para você encontrar o nome ideal para seu produto ou serviço, mas existe uma única dica que pode facilitar muito esse processo.

 

Então antes de ver essa dica estratégica é importante que se questione a respeito de alguns aspectos relacionados ao mundo do marketing.

 

Vamos começar com uma pergunta:

 

- O que é mais familiar para você, lã de aço ou Bombril?

 

Não precisa ser adivinha para saber sua resposta. A marca Bombril já está tão estabelecida e solidificada no mercado que é mais fácil as pessoas relacionarem a marca ao produto do que ao contrário.


Esse deve ser seu maior objetivo ao definir o nome do seu produto, curso ou serviço. Um nome curto, simples e que entre na mente das pessoas é algo primordial.

O poder de um nome vendedor

Muitas vezes os nomes de produtos são usados somente para identificá-los e diferenciá-los no mercado. Mas será que esses devem ser os únicos objetivos? 

 

Acredito que não. Identificar e diferenciar seu produto são detalhes nos quais você já pensou, mas seu intuito no momento de definir um nome deve ser o de passar sua autoridade nele. Transparecer todo seu poder em uma única palavra.

 

Para falar a verdade esse é o grande macete, fazer com que toda sua autoridade seja intuitivamente transferida ao nome do seu produto ou serviço.

É preciso saber qual tipo de valor você quer agregar ao seu produto para dar o primeiro passo e criá-lo. Existem para isso alguns tipos de associações positivas que podem te ajudar:

 

  • Baseadas em nomes científicos: Criadas a partir de palavras latinas ou gregas, como por exemplo Gramophone e Aspirina.

 

  • Baseadas em status: Geralmente palavras provenientes ou que remetem ao inglês ou outro idioma, como por exemplo Colcci e Tok & Stok.

 

  • Baseadas em conotações positivas: Na maioria das vezes usam-se números que definem algo positivo. Exemplo: Forever 21.

 

Assimilação marca + valor

Um exemplo muito comum que podemos dar de associação de autoridade são nomes que começam com a sigla “Dr.”, como é comum vê-la em produtos ligados a saúde.

 

Sabe porque isso acontece? Porque a sigla “Dr.” está ligada diretamente à credibilidade, ao poder, e médicos, juízes, desembargadores, etc.

 

As pessoas compram ou adquirem um produto não só porque precisam da transformação que ela gera, mas porque confiam na oferta feita.

 

A grande sacada é entender que o nome do seu produto tem o poder de causar emoções e influenciar a venda.

 

Embora nem sempre o nome do seu produto seja a primeira forma de contato que alguém tem com ele, este também pode vir a ser o caso para muitas pessoas, especialmente conforme você se estabeleça no mercado e seus clientes e outras pessoas comecem a falar sobre ele na internet.

 

Como diz o ditado:


A primeira impressão é a que fica.

Portanto, cause uma boa primeira impressão em seu prospecto.

 

Dica:

Uma ação muito simples, mas muito importante, que você deve tomar é separar ao menos vinte palavras-chave relacionadas ao seu nicho. 

 

Ou seja, separe palavras que resumem a expectativa ou dor do seu público, essas palavras criam uma conexão com seu prospecto e certamente ele irá identificar-se com seu produto.

 

É necessário que você tenha um bom número de palavras-chave pois a próxima etapa é juntar as peças.

 

Isso mesmo. Você irá relacionar uma palavra a outra e criar uma associação positiva como por exemplo, um curso para adestramento de cães online poderia se chamar Dr. Pet, um programa de emagrecimento poderia se chamar Tamanho Menor Vida Maior e um serviço de coaching com foco em mudança de mindset poderia se chamar Imediatamente.

 

Tenha como meta conseguir pelo menos três possíveis nomes para que possa validar com qual deles seu público mais se identifica. Depois, certifique-se de que não há nenhum produto com o mesmo nome no mercado.

 

Faça uma busca de marca no INPI, consulte se o domínio está disponível e, se tudo estiver ok, faça o registro de domínio e se necessário a retenção de suas patentes.

 

O nome do seu produto tem uma importante função estratégica que, utilizada corretamente, pode conectar, comunicar e passar uma forte impressão a seu respeito (ou da sua marca) para seu público alvo.



No entanto definir um nome para seu produto é apenas um dos muitos passos na longa jornada de empreender no mercado digital, e você não deve procrastinar outras atividades dentro do seu negócio ou parar o mundo até achar o nome "perfeito."

 

Então, se quiser receber dicas práticas em primeira mão e entrar em ação, curta minha página no Facebook, se inscreva no meu canal do YouTube e me siga no Instagram.

 

Abraços,

Priscila



3 dicas para montar seu conteúdo gratuito

3 dicas para montar seu conteúdo gratuito

Ponto de partida: 1º passo para empreender online

Ponto de partida: 1º passo para empreender online