O empreendedorismo digital é para você?

Você está interessado em criar um curso online, construir um negócio digital sólido, sustentável e de sucesso. E nesse exato momento pode estar em dois pontos diferentes do caminho.

 

Se está iludido com a fantasia de atingir o mundo todo em segundos e fazer milhões da noite para o dia, fique comigo até o final do texto. Você vai descobrir que não é bem assim e entender se está ou não no melhor mercado para você.

 

Se já viu que a realidade não é bem essa e está na dúvida sobre ter a disposição e os requisitos necessários para fazer isso dar certo, continue comigo também, para encontrar essa resposta. 😉

 

Responda as perguntas a seguir, e descubra ao final do texto se o empreendedorismo digital é para você!

 

Você está pronto para assumir riscos?

 

Ter um negócio digital é basicamente, sair da zona de conforto a todo momento.

Você precisa se colocar em ação e não pode esperar 5, 10 ou 15 anos para fazer acontecer. Muitas vezes não pode nem mesmo esperar essas quantidades em meses.

 

Cada dia que passa surgem mais ferramentas, estratégias e possibilidades online, o mercado muda, o público amadurece e você corre o risco de tornar um bom produto ou uma boa ideia, totalmente obsoletos, por não tira-los do papel.

 

Ao se colocar em ação, você corre o risco de sofrer as variáveis do caminho e não estar preparado para elas. Isso pode resultar em sucesso ou significar ter que percorrer novamente todo o caminho até ali, para descobrir onde fazer diferente.

 

Empreender é correr riscos e o segredo aqui é conhecer muito bem seu público, seu mercado e sua estratégia, para correr riscos calculados, além de ter sempre um plano A, B e C na manga, para não “morrer na praia”

 

Busque o equilíbrio entre planejamento e ação, sabendo que no mundo dos negócios, o risco estará sempre ao seu lado.

 

Você tem talento para liderar?

 

Ter um curso online significa – mais do que guiar seu cliente à uma transformação – guiar constantemente todas as pessoas que te acompanham de alguma forma.

 

Se você já sabe que tem talento para liderar, excelente.

Se você está em dúvida sobre isso, precisa descobrir e entender seu perfil.

 

Se você pensa não ter nenhum talento para isso, é hora de arregaçar as mangas, colocar a mão na massa e desenvolver a liderança da maneira correta.

 

Isso mesmo, desenvolver. Algumas pessoas certamente nascem com o dom e a desenvoltura de um líder nato. Mas se esse não for seu caso, tenha em mente que liderança nada mais é do que uma habilidade.

 

Uma habilidade poderosa que pode ser desenvolvida através do conhecimento e da prática adequada. Portanto, comece a exercitar a sua hoje mesmo.

Você tem habilidades ou talentos pelos quais as pessoas pagariam?

 

Toda a vontade do mundo pode ser extremamente poderosa, mas sem ação e implementação não te levam a lugar nenhum.

 

Portanto, por mais que você deseje empreender digitalmente, se não possui nenhum conhecimento, habilidade ou talento que possa se transformar em um produto ou serviço passível de ser comercializado online, é melhor repensar seus planos futuros.

 

Apesar disso, deixo aqui uma dica importante: TODO mundo tem algo por qual outra pessoa poderia pagar... Investigue qual é a sua “coisa” e entenda qual modelo de negócio é necessário para monetizar isso que você tem de especial. 😉

 

 

Você se identifica com a ideia de transformar a vida das pessoas e mudar o mundo?

 

Você já descobriu a fórmula de produzir ouro? Se não, ter desejo genuíno de transformar ao menos a vida do seu cliente, é requisito obrigatório para um negócio digital.

 

Existem desafios demais nesse mercado, para qualquer pessoa conseguir se manter nele a longo prazo somente pelo lucro e com um produto que não leva a lugar algum.

 

Essa definitivamente é uma soma que só dá resultados negativos. Pense nisso!


A Primeira motivação de quem quer empreender deve ser gerar valor positivo para a sociedade em que vivemos
— Carolina Dassie Hisnek

Você tem Pensamento Divergente?

 

Reinventar a roda pode ser uma péssima forma de criar um serviço ou começar um negócio. Pode ser.

 

Mas dar novas utilidades a roda, emprega-la em diferentes funções e apresenta-la para pessoas que ainda não a conhecem, pode dar um retorno muito bom.

 

É isso que o empreendedor faz e é assim que ele pensa: criativamente, em busca de novas soluções e visualizando diferentes caminhos para chegar ao resultado desejado.

 

E essa atitude é justamente a essência do Pensamento Divergente: “um processo de pensamento cujo objetivo é encontrar o maior número possível de soluções para um problema”.

 

Traduzindo: é o ato de pensar criativamente, de maneira não linear.

 

O empreendedor precisa disso e o empreendedor digital precisa disso urgente! Se você pensa não ter essa capacidade, é hora de adquirir – a vida útil do seu negócio vai agradecer!

 

A melhor forma de exercitar o Pensamento Divergente é adquirindo conhecimento. Conheça muitíssimo bem seu cliente, seu mercado, seus concorrentes, e até mesmo coisas que nada tenham a ver com empreender.

 

Invista em conhecimento que o retorno irá se refletir nos seus resultados.

 

 

Se você respondeu SIM a 3 ou mais das perguntas acima: Excelente!

 

Você com certeza está no caminho certo e em breve, terá não só condições de responder sim a todas elas, como também, provavelmente, já estará colhendo os primeiros frutos de suas ações no mundo digital.

 

Se você respondeu NÃO a 3 ou mais das perguntas acima: É hora da reflexão.

 

Todas as qualidades e características de um empreendedor podem ser conquistadas com foco, engajamento e ações.

 

A reflexão é sobre o quanto você está disposto a investir, do seu tempo, principalmente, para atingir os SIMs necessários, dos seus talentos, do seu negócio, e dos seus clientes.

 

É essa disposição, aliada a ações que possibilitarão você obter resultados, especialmente quando o momento for de crise, e obter o sucesso com um empreendimento sólido, sustentável e escalável.

 

 

Espero te ver superando seus próprios desafios e indo muito além dos seus limites! E não esqueça de me contar o resultado do seu teste, estou curiosa para saber!

 

Abraços,

Priscila.