Mentores: Escolher um ou mais?

Até bem pouco tempo atrás, o modo como fazíamos negócios era completamente diferente. Pouquíssimo tempo mesmo, já reparou?

 

Geralmente, pessoas envolvidas em um negócio próprio, o faziam por herança de família ou por um forte talento para comercializar – vocação descoberta cedo, ou alimentada por uma graduação específica.

 

Claro que existiam as exceções.

 

Mas hoje, a exceção é que virou regra. Você se forma, coaching, médico, advogado – ou nem mesmo oficializou uma formação – e descobre que mais do que atuar na sua própria área, precisa empreender-se e ter conhecimento de gestão se quiser escalar, ou ao menos ter uma empresa sustentável.

 

Seja em empreendimentos físicos, ou virtuais.

 

Um exemplo: se antes havia a oportunidade de aprender gerir com um membro da família, por vivência, ou então em uma faculdade de administração ao longo de quatro anos, hoje o mercado não facilita para aqueles que demoram para se coloca em ação.

 

E se para nós, meros mortais com infinitas e diferentes especialidades, lidar com as burocracias e técnicas de um comércio físico, nos moldes tradicionais, pode ser um grande desafio, que dirá lidar com o empreendedorismo digital, que apesar de todo o boom, ainda não é a mais popular das formas de empreender?

 

Talvez você já esteja inserido nesse meio há algum tempo e não note tão claramente esse fato, mas pense bem: 


quantas vezes que você já se apresentou como um empreendedor digital e precisou dar uma aula para alguém, para que essa pessoa tivesse ao menos um mínimo de compreensão sobre o que você faz?


Provavelmente, mais vezes do que consiga se lembrar certo?

 

Pois bem. Empreender digitalmente e construir cursos online são coisas que ainda não fazem parte da sabedoria popular. Então é difícil que você aprenda mais e faça boas (ou mesmo más) escolhas sobre isso, batendo um papo de comadre e compadre por aí. =)

 

Você PRECISA de um mentor.

 

O que é um mentor?

 

Mentor é uma pessoa experiente, capacitada e bem sucedida em uma determinada área, que irá te orientar ao trilhar um caminho, desenvolvendo a auto aprendizagem e habilidades que te transformarão não só em um profissional melhor, mas também, em uma pessoa melhor.

 

A mentoria, definitivamente não é invenção ou exclusividade do mercado digital.

 

Originalmente, o termo mentor veio do grego, e se referia à figura mítica do amigo e conselheiro de Telêmaco, que o apoiava enquanto o pai estava ausente na guerra de Tróia.

 

O detalhe é que, se ao longo da vida, temos diversos mentores, mesmo sem ter a consciência ou percepção disso – ao criar um negócio online, você PRECISA buscar auxílio e mentoria, para subir os próximos degraus.

 

Mentor ou Mentores?

 

Apesar do mercado digital talvez não ser tão popular quanto outros mercados já tradicionais e da suposta saturação pela qual está passando (sim, suposta – mas é assunto para um outro texto, hehe), é possível encontrar uma infinidade de profissionais das mais diversas áreas, que são também mentores maravilhosos!

 

Por alguns momentos, fica até mesmo difícil escolher apenas um.

 

Então o que fazer?

 

Embora ao seguir conteúdos gratuitos de alguém e de repente se comprometer de praticar os ensinamentos dela, possa ser considerado uma forma mais simples de ser mentorado, estou falando aqui da mentoria consciente, em que seu mentor sabe da sua existência, necessidades e está ativamente presente na construção de algum momento da sua jornada.

 

Isso só acontece mesmo quando você investe em algum curso, ou até mesmo em um programa de mentoria, seja de um coach, um top player ou um especialista.

 

E aqui pode morar o perigo e se formar uma encruzilhada que muitas vezes trava o empreendedor digital.

 

Como precisamos ser um polvo gigante, com vários tentáculos-habilidades que nem nos mais tenros sonhos conseguiríamos imaginar para administrar nosso negócio digital, é comum assistir empreendedores afundados em uma pilha de cursos e programas que nunca conseguem terminar.

 

O excesso de informação e oportunidades pode deixar qualquer um completamente estagnado.

 

Mais do que estagnar, abraçar dois, três ou mais mentores ao mesmo tempo, pode te deixar confuso e perdido. Lembre-se que as pessoas tem metodologias e crenças diferentes e talvez você acabe caminhando ao lado de pessoas que te puxam para lados opostos.

 


Como diz o velho ditado Russo, quem tenta caçar dois coelhos ao mesmo tempo, acaba ficando sem nenhum.

Priscila, você está me dizendo que devo ter apenas um mentor então?

 

Não, absolutamente não. É completamente razoável que você tenha diversos mentores ao longo de sua trajetória – mesmo quando atingir o patamar de sucesso que havia planejado lá no início de suas atividades.

 

O que não é razoável, é querer aprender e realizar tudo, ao mesmo tempo.

 

Ter “timing” é importante!

 

E você só conseguirá acertar nas escolhas, se tiver um planejamento estratégico de suas ações e do seu negócio. Em outras palavras, você precisa saber para onde está indo.

 

Mais do que escolher um mentor capacitado e idôneo, que tenha real condições te auxiliar naquilo que você precisa – busque sabedoria para escolher a pessoa certa para o momento em que você vive no seu negócio.

 

Dessa maneira, não importa a velocidade, você estará sempre caminhando.

 

Finalizando...

 

Reflita sobre o momento que vive hoje, analise seu planejamento, encontre o ponto onde você precisa de mais orientação. E comece daí a escolha para seu mentor.

 

Quando os desafios dessa fase estiverem superados, talvez seja a hora de buscar outro mentor para outra área que precisa de ajustes. E assim por diante.

 

E lembre-se do mais importante: você também será mentor ou mentora de outras pessoas, seja na sua área específica de atuação, seja em áreas onde um dia tenha passado por dificuldades e recolhido aprendizados – mesmo que ainda não tenha percebido isso.

 

 

Dedique-se genuinamente na construção de uma relação humanizada com sua audiência, em um negócio bem-sucedido e coerente com aquilo que acredita e acima de tudo, na construção de um curso realmente capaz de transformar a vida do seu cliente.

 

Abraços,

Priscila