Cuidado com o Grinch! Ele é o ladrão de sonhos

Cuidado com o Grinch! Ele é o ladrão de sonhos

Sonho não é uma imagem toda colorida, cheia de estrelinhas e purpurina.

 

Não é fantasia muito menos imaginação. Sonho é aquilo que você tem vontade de fazer e às vezes guarda lá no íntimo.

 

Talvez seja um sonho antigo que nasceu com uma sementinha lá na infância ou um sonho novo, ganho da maturidade que você adquiriu com os anos.

 

Pode ser um carro, uma viagem ou simplesmente uma bela semana de descanso, se desconectando para recarregar, afinal, vivemos em uma sociedade extremamente conectada e dependente de recursos tecnológicos.

 

E acrescente um ‘plus’ a isso se você tem um negócio digital, hehe.

 

A verdade é que não dá para catalogar os sonhos que é possível ter, da mesma maneira que não posso mensurar o quanto o seu sonho já foi importante para você. Então porque deixá-lo esquecido?

 

A virada de ano se aproxima e ao invés de se impor todos aqueles desejos do que você pretende conquistar esse ano (como se só falar tornasse todos possíveis) que tal tirar uns momentos para refletir sobre todos os sonhos que você deixou para trás?

 

Mas fique atento, sonho e desejo tem uma diferença enorme. O desejo passa. O sonho é adormecido por nós mesmos.

 

E porque fazemos isso com algo que, dizem por aí, é tão importante ter? Vou te contar!

 

Por causa do Grinch que todos temos em nosso interior. Já ouviu falar dele?

 

Aquele bicho verde, que não sabemos bem de qual espécie é, que vive ressentido e amargurado, odiando o Natal e todos que gostam dele, sem nenhuma reserva.

 

E embora sua amargura aumente ele está constantemente tendo atitudes piores, que aumentam sua má fama cada vez mais (se você não viu ou não leu esse clássico, recomendo que o faça, especialmente se tiver criança em casa, eles vão gostar muito).

 

Mas o Grinch não foi sempre o Grinch. Ele uma vez foi uma criança que pensou ter seu único sonho destruído e com isso se tornou essa criatura que, pensa destruir a alegria dos outros, mas que na verdade, está afundando cada vez mais sua própria alegria de viver.

 

Cada coisa que dá errado é um motivo extra para que ele espalhe mais amargura para o mundo e para si próprio. E sabe que (talvez, apenas talvez) nós bem que temos um Grinch dentro da gente? Que faz a mesminha coisa?

priscila-hinkle-ladrao-sonhos.jpg

Quer ver como? Reflita sobre os sonhos que abandonou. Liste eles aí. Quantos deles, mesmo os mais infantis, você teria condições para realizar agora?

 

Pode ser que não faça mais sentido realizar muitos deles, mas quantos pedacinhos da sua essência você foi perdendo por deixar que eles fossem embora assim, como se no fundo não houvessem importância?

 

Volte a SONHAR! Volte a investir nos seu sonhos. Pois uma pessoa que não sonha é na verdade uma pessoa que tem bem pouca motivação para fazer as coisas darem certo em sua vida.

 

E não sonhar é muito, mas muito mais comum do que podemos imaginar.

 

Esse danado do Grinch ganha força muito rápido e quando nos damos conta, tudo o que temos é uma porção de tarefas e até mesmo objetivos vazios, existentes apenas para dizermos que traçamos um plano e seguimos ele.

 

Mas nenhum sonho.

 

Vamos dar um basta nisso juntos? Faça um propósito consigo mesmo, volte a ser um sonhador a partir de hoje.

 

Sonhe por você e invista mais tempo e dedicação consigo próprio. O seu negócio, a sua família, às suas conquistas não existirão ou não terão significado se você não estiver bem, se você não for feliz.

 

E pessoas felizes sonham, pode ter certeza.

 

Antes de finalizar, quero deixar claro que estou falando de você aqui hoje. Não do seu negócio.

 

A essa altura do campeonato, com o novo ano batendo na porta, se você ainda não traçou os objetivos e metas do seu negócio para os próximos meses, quero apenas te lembrar que você está muitíssimo atrasado para isso. De verdade.

 

Mas jamais é tarde para sonhar. Um clichê que nunca deixou de ser verdade. E quando você se coloca também como prioridade fica muito mais fácil organizar todos os outros setores da vida, para que eles também sejam produtivos.

 

Anote aí:

 

1. Liste todos os sonhos que já abandonou

2. Entenda qual ainda faz sentido para você

3. Se coloque em ação para conquistar os demais

4. Nunca, NUNCA se esqueça de sonhar

 

E se precisar de uma força para realizar a dica número 3, sugiro que você leia esse texto, onde falo mais sobre conquistar coisas com efetividade e organização.

 

Não alimente o Grinch que existe em você. Não deixe que ele seja o ladrão dos seus sonhos.

 

Muitas coisas podem não ter dado certo, mas apenas não deram certo ainda. Com um pequeno reajuste de mindset e com as ações corretas, você pode conquistar muito.

 

Vai lá, agarre seus sonhos e arrase nos próximos 12 meses do calendário. Quero te ver conquistando tudo, combinado?

 

Abraços,

Priscila



Como viver com liberdade

Como viver com liberdade

2 jeitos de lidar com a mudança

2 jeitos de lidar com a mudança