3 desafios que pessoas bem sucedidas superam

3 desafios que pessoas bem sucedidas superam


Se você  está há algum tempo investindo em seu negócio digital provavelmente tem uma lista pessoal de empreendedores que admira e procura imitar, seja mentalidade ou comportamento.

 

Em nosso mercado, de fato existem - dentro e fora do Brasil - pessoas admiráveis que valem nosso tempo para ouvi-las e aprender com elas.

 

Mas, o que te impede de ser você também, uma dessas pessoas?

 

Talvez nada. Pode ser que você já seja esse alguém e não tenha notado ou seja modesto demais para admitir.

 

E pode ser também que, apesar de estar caminhando e trabalhando para isso, existam coisas que você precisa aprimorar para chegar lá.

 

Em cinco minutos navegando pelo Google, é possível encontrar dezenas ou até centenas de páginas que nos trazem informações de pessoas bem sucedidas nas mais diversas áreas.

 

Muitas delas tem em comum, inclusive, o fato de só obterem reconhecimento após sua morte, um detalhe curioso - e que apesar de ter uma certa beleza, não deve ser exatamente o plano de ninguém, certo?

 

Mas então o que conecta todas essas pessoas? Como você pode se conectar a elas também?

 

Se fosse possível dar apenas uma resposta a essa pergunta, ela seria simples: a capacidade de superar desafios.

 

E não apenas qualquer desafio. Pessoas bem sucedidas tem a característica de superar os desafios a seguir com maestria:

priscila-hinkle-desafios-do-sucesso.jpg

Desafio 1: Temporalidade

 

Passado e futuro, embora sejam conceitos importantes, no dia a dia empreendedor são apenas conceitos da nossa mente. Eles não existem de fato.

 

Sabe aquele clichê “o passado já foi e o futuro não nos pertence?” É por aí mesmo. E uma pessoa bem sucedida sabe disso.

 

Não o que fazer com relação a tudo que já passou, seja bom ou ruim. E embora seja possível e saudável investir na construção do futuro que queremos, não há nenhuma calculadora que possa prever com exatidão tudo que acontecerá lá na frente.

 

A única coisa que de fato nos “pertence” é o hoje, o agora. E uma pessoa bem sucedida não apenas sabe disso, como também usa isso a seu favor.

 

É impossível atingir seu potencial máximo se você está constantemente em outro lugar.

 

Você precisa abraçar sua realidade de agora, seja ela boa ou ruim, para ser capaz de transformá-la.

 

O Mindfulness trabalha com o princípio de estar presente e pode ser uma ferramenta poderosa para lidar com o desafio da temporalidade.

 

Afinal de contas, viver de passado geralmente traz culpa e de futuro, ansiedade. Não há sucesso que aguente esses hábitos.

 

Esteja presente.


 

Desafio 2: Opinião alheia

 

Você me ouvirá falar muitas vezes ainda sobre a importância do feedback.

 

O feedback é parte essencial da rotina de quem constrói e vende um produto online. Mas de maneira alguma deve ser o fator motivador dessa jornada.

 

Não importa o tamanho das críticas que receba, sua auto estima deve vir de dentro de você.

 

Melhore seu produto, modifique seus investimentos se for necessário. Mas não se abale com possíveis falatórios direcionados a sua pessoa.

 

Empreendedores bem sucedidos não possuem tempo para abraçar todas às opiniões do mundo. Na verdade, eles nem mesmo querem fazer isso.

 

Pessoas de sucesso sabem que isso é uma completa perda de tempo.

 

Saiba diferenciar feedback de opinião e saiba diferenciar pessoas que realmente convive com você, sejam clientes ou parceiros, de pessoas que simplesmente gostam de exalar pitacos por aí.

 

E siga em frente, sempre.


 

Desafio 3: O fracasso

 

Esse é o maior desafio de toda humanidade, acredite. Independente de empreender ou não.

 

Isso porque frequentemente esquecemos que sucesso e fracasso não são medidas absolutas na vida de ninguém.

 

A vida está num fluxo constante e talvez sua percepção do que foi um fracasso hoje, se altere com o tempo.

 

E é claro que, muitas vezes, o fracasso é apenas o fracasso. E o que o torna um desafio tão interessante é que ele é extremamente necessário.

 

Se você tem uma ideia, seja de negócio ou produto, investe tempo e dinheiro nela, tem um sucesso absurdo logo de cara e pronto - você definitivamente não deve ser desse mundo.

 

Pois nós, humanos, temos a incrível habilidade de aprender muito mais com fracassos do que com ‘vitórias’.

 

Na verdade, é isso que nos torna cada vez melhores. Os erros que cometemos e conseguimos enxergar. E está tudo bem com isso.

 

Ouso até a dizer que, quanto maior a quantidade de fracassos que temos na vida, maior será o sucesso posteriormente.

 

E isso porque, se o sucesso é um indicador de que chegamos lá, o fracasso quando bem visto e utilizado é a melhor bússola para percorrer o caminho.

 

Que o digam Thomas Edison, Walt Disney, Soichiro Honda, Akio Morita (criador da Sony) e até mesmo Taylor Swift.

 

Pessoas que foram rejeitadas, ridicularizadas e até desacreditadas. Mas que hoje fazem parte daquela “espécie de gente” que mesmo sem termos conhecimento da história e trajetória, tem influência em como vivemos e no que consumimos.

 

Bom, talvez a Taylor esteja mais presente na vida de uns que de outros (sou fã, hehehe), mas os outros nomes, sem dúvidas, são influenciadores universais, ainda que indiretamente.

 

E muitos deles vão continuar influenciando gerações, como já o fazem, mesmo não estando mais entre nós.


 

E você? Está pronto para assumir o sucesso que pode ter? Preparado para deixar o passado e o futuro em segundo plano e assumir mais o presente?

 

Preparado para continuar seguindo em frente mesmo quando todos disserem que é uma completa perda de tempo?

 

Preparado para abraçar e até aprender a amar cada fracasso que tiver e usar isso a seu favor?

 

Pense em todos os empreendedores que admira. Eles já estão fazendo isso. O que então, você está esperando?


 

Abraços,

Priscila



Duas formas de dizer NÃO a negatividade

Duas formas de dizer NÃO a negatividade

Como viver com liberdade

Como viver com liberdade