4 sinais que você sofre com o medo do sucesso

4 sinais que você sofre com o medo do sucesso

Sentir medo não é algo bem visto em nossa cultura. É permitido ter estresse, ansiedade e até depressão.

 

Mas medo é considerado coisa de criança. E esse é um tremendo equívoco!


Sentir medo na verdade, é um grande sinal de que você precisar parar um pouco e começar a ouvir mais os sinais que vem de dentro de você.


Encarar o seu medo pode acabar revelando muitas coisas sobre você. Principalmente se o que você teme é o sucesso, mesmo não tendo percebido isso.


Sim, é perfeitamente possível ter medo do sucesso e isso tem um nome e está se tornando cada vez mais popular.


É a Síndrome do Impostor.


O termo síndrome do impostor foi usado pela primeira vez na década de 1970 pela psicóloga Pauline Clance e diz respeito a um conjunto de sentimentos negativos, entre eles medo, dúvida, apreensão e ansiedade, todos relacionados ao sucesso.


Entre empreendedores digitais e criadores de cursos online, ela ocorre bastante e é até compreensível.


A pressão de criar autoridade e estar a frente de possíveis milhares de seguidores e pessoas que te escutam, pode acabar paralisando - é uma responsabilidade muito grande e frequentemente quem sofre dessa síndrome se pergunta: será que sou bom o suficiente?


Entender suas limitações e ter consciência de que é necessário estudo e aperfeiçoamento constante para evoluir e mudar de nível é uma atitude saudável.


O que é completamente prejudicial é utilizar essa consciência para justificar o não fazer, o não sair do lugar - e é justamente o que ocorre quando temos medo do sucesso e desenvolvemos a síndrome do impostor.


O raciocínio básico da nossa mente é: se eu não tiver sucesso, não vou precisar me expor e não serei descoberto como fraude.


Eu espero que você não se reconheça nessas expressões e que esteja a todo vapor para atingir suas metas e conquistar o sucesso que sabe que merece.


Mas, por via das dúvidas, compartilho aqui 4 sinais de que você pode estar se sentindo uma fraude - mesmo não sendo de fato.

BRASIL_Pinterest_3 (17).jpg



1. Você diz sim quando quer dizer não


O desejo de agradar constantemente é uma forma de “impedir” que as pessoas descubram o “impostor” que você é.

 

2. Você fica viciado em trabalho


Fazer, fazer, fazer. Estar sempre em ação é a consequência de quem sempre diz sim e uma forma de compensar o sentimento de inferioridade com relação a outras pessoas que você considera aptas ao sucesso.



3. Você atribui seu sucesso a causas externas


Deus, seus pais, seus filhos, o cachorro, o papagaio, a sorte… Todo o mundo tem mérito pelas suas vitórias. Você só ficou paradinho lá, vendo acontecer. É exatamente esse o raciocínio de quem está sofrendo com a síndrome.

 

4. Você sabota a si mesmo

 

Rotina exaustiva, pequenos erros aqui, outros lá, deixar suas coisas por fazer e priorizar necessidades de terceiros, em outras palavras, você tende a se anular cada vez mais, uma forma grandiosa de sabotagem - tudo para não colher o sucesso que pensa não merecer.



Se você se identificou com algum desses sinais, realmente é hora de fazer uma pausa e entender o que está acontecendo dentro de você.

 

Ignorar a síndrome do impostor é se forçar a ficar preso em uma realidade nada amigável. Você é capaz de superar isso e colher todos os frutos que merece.


Se não se identificou, ótimo. Mas fique atento às pessoas a sua volta, especialmente aos alunos e clientes do seu curso digital.


Talvez, a dificuldade deles dentro do seu programa podem se revelar justamente um indício da síndrome, se levarmos em consideração a estimativa de que 7 entre 10 pessoas sofrem com isso atualmente.


E como superar esse medo do sucesso?


Bom, como a maioria das síndromes e transtornos, seria muita audácia afirmar que existe uma fórmula pronta para mandar esse medo embora.


Não há. Até porque, cada pessoa desenvolve isso por gatilhos e circunstâncias diferentes.


Mas é possível, com certeza, criar uma nova rotina de ações e pensamentos, para trabalhar esses sentimentos e superá-los, definitivamente.


 

1. Invista em autoconhecimento


Se propor a inovar e encarar novos desafios, como criar um curso online, gera medo MESMO! Por isso é importante que você tenha consciência das habilidades que já tem e daquelas que precisa desenvolver.


Isso vai te auxiliar a manter o foco e a entender que você não é uma pessoa pronta e acabada.

 

Pelo contrário, está em desenvolvimento constante e por isso mesmo merece aproveitar cada conquista e sucesso da trajetória.


 

2. Evite comparações


Nós temos a tendência de ser cruéis conosco mesmo. Então não se torture. Evite olhar para a conquista dos outros e se menosprezar por isso.


Evite completamente.


Cada pessoa possui uma busca e objetivos diferentes e raramente sabemos quais passos ela deu para chegar até lá, ou os sacrifícios e desafios que enfrentou.


Se inspire em quem chegou lá, mas se ocupe com sua própria jornada, sem se inferiorizar pelas conquistas de terceiros.


 

3. Tenha um mentor ou mentora


Essa insegurança com relação a temas e habilidades que você talvez ainda não domine completamente, tem solução.


Uma pessoa mais experiente que possa te guiar em seus próximos passos fará toda a diferença nos seus resultados e inclusive pode te ajudar a restaurar a confiança em si próprio e principalmente, a abandonar o medo de colher aquilo que você merece:

 

O seu sucesso!



Abraços,

Priscila



O que podemos aprender com o escândalo Cambridge Analytica?

O que podemos aprender com o escândalo Cambridge Analytica?

Vender ou panfletar na internet: Qual você pratica?

Vender ou panfletar na internet: Qual você pratica?