All tagged mentalidade de sucesso

Mude suas crenças, mude sua vida

Mude as suas crenças e mude a sua vida... Você acredita nisso? Tem muita gente que não acredita.


Posso falar por mim que em várias ocasiões pensei o quanto isso é algo muito fácil para se dizer, porém, é extremamente difícil na prática.


E foi quando conheci a história do Roger Bannister, atleta americano cujo feito vou compartilhar com você agora.


A história dele é um exemplo concreto do quanto é possível nossa mente nos limitar ou então, nos fazer voar.


3 desafios que pessoas bem sucedidas superam

Se você  está há algum tempo investindo em seu negócio digital provavelmente tem uma lista pessoal de empreendedores que admira e procura imitar, seja mentalidade ou comportamento.

 

Em nosso mercado, de fato existem - dentro e fora do Brasil - pessoas admiráveis que valem nosso tempo para ouvi-las e aprender com elas.

 

Mas, o que te impede de ser você também, uma dessas pessoas?

 

Talvez nada. Pode ser que você já seja esse alguém e não tenha notado ou seja modesto demais para admitir.

 

E pode ser também que, apesar de estar caminhando e trabalhando para isso, existam coisas que você precisa aprimorar para chegar lá.

Como saber a hora de MUDAR?

Gosto de pensar que empreender é a arte de transformar a vida de pessoas, inovando e ganhando dinheiro enquanto se faz isso.

 

Definitivamente, não é uma tarefa fácil. E menos fácil ainda é empreender no mundo digital, especialmente no Brasil de hoje.

 

É inegável que a cultura de comprar virtualmente já é uma realidade brasileira, mas trabalhar com isso ainda pode despertar a desconfiança de familiares, amigos e colegas profissionais.

 

É a tal solidão empreendedora que alguns gostam de chamar, mas penso que vai muito além disso.

 

Desbravar esse novo mercado, significa fazer história, descobrir-se como empreendedor, e ditar o que será feito no futuro, dentro do mundo digital e dentro do seu segmento.

Ambição não é uma palavra suja

Diferente da cultura americana, onde ambição é uma qualidade considerada digna e importante, no Brasil existe o hábito errôneo de confundir ambição com ganância.

 

De modo bem simples, ganância está mais para sede de poder e dinheiro, custe o que custar.

 

Já ambição diz respeito ao desejo e trabalho para chegar ao próximo nível. Não importa em qual setor de sua vida.

 

Dito dessa forma, você consegue imaginar um negócio bem sucedido, sem um empreendedor ambicioso em sua liderança?

5 passos para sua melhor versão

Já ouviu aquela frase, “você nunca chegará ao próximo nível, fazendo as mesmas coisas que faz hoje?”

 

Isso é bem verdade. É importante que você reconheça e valorize as conquistas que já fez até aqui, mas é importante saber também que para ir além, é preciso fazer mais.

 

E esse mais, começa com alguém que supostamente deveríamos conhecer muito bem. Nós mesmos.

Crise econômica: desculpa ou solução?

Crises econômicas, em qualquer país, sempre serão usadas como justificativa para consumidores que não compram e produtos que não vendem.

 

Mas como prestadores de serviços e pessoas públicas na internet, temos por obrigação transmitir confiança para que as pessoas comprem, e mais, que se sintam seguras ao fazê-lo.

 

Não existe fórmula mágica para vender, mas existe todo um processo que tem suas particularidades em cada nicho.

 

Infelizmente, é muito comum pessoas que não se posicionam bem e acabam não executando suas vendas de forma assertiva.

O mercado digital no Brasil está saturado?

Este é um tema bastante amplo, que merece algumas horas de reflexão.

 

Como não temos todo tempo do mundo agora, quero te convidar a refletir sobre isso sob um ponto de vista específico.

 

Você provavelmente já me ouvir falar sobre isso em outras ocasiões. O mercado digital no Brasil está saturado? Está – mas de cursos ineficazes (para não usar uma expressão mais pejorativa).

 

Por ser um mercado em plena ascensão, temos literalmente milhares de cursos por aí que se encaixam na categoria “feito é melhor do que perfeito”. São cursos que realmente só foram feitos.

 

E o perigo disso para o consumidor (e para a saúde de um negócio) é que um curso, o processo de aprendizado, precisa ser pensado!

Quer clientes que pagam? Então seja esse tipo de pessoa!

O que você faz pelo seu negócio?

 

Provavelmente muito, não é verdade?

 

Além das inúmeras funções que você desempenha ao longo do dia, ter um negócio representa se responsabilizar pelas estratégias dos diferentes setores, além de estar constantemente verificando se isso ou aquilo deu certo, corre bem, funciona...

 

Não tenho dúvidas de que você faz muito, mas será que tem feito todo o possível?

 

Conversamos muito aqui no blog sobre estratégias e atitudes que te levam ao cliente ideal, peça essencial e indispensável para para fazer seu curso rodar e tornar seu negócio possível - mas existe um passo que vem antes de todos esses.

 

Antes mesmo de conhecer e encontrar seu cliente ideal, é importante que você aprenda a ser O cliente ideal. Isso mesmo que você leu!

3 dicas para ser consistente e ter mais sucesso

Consistência é uma palavra bonita para expressar o processo das nossas atitudes que se transformam em hábitos.

 

É extremamente importante ser consistente para obter sucesso em algo, mas também é verdade que temos consistência em diversas coisas que, a longo prazo, trazem sérios danos ou consequências.

 

Há algumas semanas, conversei com minha lista de transmissão no Whatsapp sobre o poder da Consistência – uma palavra não tão “sexy” de praticar – mas extremamente fundamental para o sucesso.

Empreendedorismo Digital: você veio para FICAR?

Constantemente escuto que o mercado do empreendedorismo digital no Brasil está saturado.

 

E isso não é verdade!

 

Tem muita gente explorando esse novo mundo? Sim!

 

Tem muita gente explorando esse novo mundo, empenhado para entregar o máximo de qualidade, resultado e transformação para seu cliente – e disposto a pagar o preço que isso exige?

 

Bom, você provavelmente já sabe qual é a minha resposta... (se não sabe, a resposta é NÃO).

 

Mas então porque temos essa constante impressão de que todo mundo está entrando para o empreendedorismo digital?

Haters: como lidar com eles?

“Haters gonna hate” – já dizia a banda 3LW lá em 2001.

 

(Nota: caso você esteja se perguntando quem no mundo 3LW são ou foram, só posso responder dizendo: coisas que caem na Internet ficam para sempre – é incrível o que podemos encontrar nela rsrs).

 

Se você está construindo seu negócio digital, com certeza já observou a existência de pessoas bem particulares nesse universo.

 

Seres que ao invés de buscarem transformar o mundo a sua volta em um lugar melhor, dedicam seu tempo a perturbar e incomodar todos os outros mortais que estão ocupados demais com suas próprias vidas.

 

Exatamente. Estou falando dos famosos (mas não queridos) haters! Se você ainda não lidou com eles, saiba que eventualmente eles vão aparecer, tão certo quanto o sol vem pela manhã. Haters são reais e fazem parte.

Quais seus objetivos e metas para o próximo ano?

Você percebe que está se tornando um empreendedor de sucesso, quando não só se coloca em ação e os negócios caminham – mas também, quando as transformações, especialmente as positivas alcançam sua vida pessoal.

Isso mesmo!

(E que fique claro, que não estou falando exatamente de dinheiro ou enriquecimento, nesse momento. Claro que a parte financeira é importante e necessária, entretanto, como já falei em outras oportunidades, o dinheiro é uma consequência do sucesso, e não o próprio sucesso em si).

Quais perguntas nada confortáveis você deve se fazer

Com certeza você alguma vez já se pegou dizendo "se olha no espelho", "olha pro seu próprio umbigo", ou alguma variável dessas máximas que remetes a auto-reflexão.

Está tudo muito bem trazer esse tipo de lembrete à tona quanto o problema parece estar com O OUTRO, mas e quando o problema é unicamente nosso? Será que temos sempre a coragem de enfrentar a realidade de cara e fazer o que é necessário para mudar o jogo?

Essa pergunta só cabe a cada um responder. Mas, da minha parte, sei que a resposta não é sempre "sim." Como qualquer ser humano falho, também tenho meus momentos de fraqueza e de achar que é mais fácil "empurrar com a barriga", "tapar o sol com a peneira", e não fazer o esforço para mudar.

Não aceite NÃO como resposta!

O artigo de hoje não se trata de uma fórmula mágica ou de encorajamento para que você torture e persiga as pessoas até que elas lhe deem o que você quer ou precisa. Não!

Vou falar com você sobre a importância de não dizer NÃO a si próprio, perante as dificuldades e desafios de empreender seu próprio negócio – especialmente no mundo digital.

Graças a empreendedores “sensacionalistas” que vendem info-produtos baseados na chamada de que é possível fazer milhões saindo do zero, da noite para o dia, e que sua vida profissional e financeira pode se transformar em um piscar de olhos ao ‘simplesmente’ criar um negócio digital – surgiu uma maré de pessoas que começam a empreender e acabam desistindo, pois se deparam com diversos fatores não tão agradáveis, e que não são tão claramente divulgados nos belos contos do empreendedorismo digital.

Você quer sucesso instantâneo?

Mais uma semana se passou, e espero que você tenha progredido como planejou na construção de seu curso ou negócio online!

O que, a propósito, me leva ao título de hoje... Você quer sucesso instantâneo? E quem não quer, não é mesmo? Mas isso é ilusão!

Quando você chegou ao universo do empreendedorismo digital, é bem provável que tenha criado expectativas gigantes sobre ganhar rios de dinheiro juntamente com fama e sucesso em sua área, dentro de pouquíssimo tempo, não é mesmo?!

Você está empacado com mentalidade de vítima?

É comum sucumbir ao cansaço de tantas lutas diferentes da rotina e acabar por sentir pena de si mesmo, enxergar que todo o mundo avança, brilha ou tem sucesso, enquanto você pensa que não consegue nem dar um passo do tamanho da perna.

Veja bem, eu disse que é comum, mas está longe de ser normal, ou ainda, saudável.

Na verdade, uma das coisas que separam aquelas pessoas bem sucedidas, que você admira ou acompanha, das pessoas medianas, é justamente essa mentalidade de vítima, que você deve evitar a qualquer custo!